Viseu Esquerda

“Mudar”. Para que fique tudo na mesma?

A apresentação em Viseu do livro "Mudar", escrito pelo aspirante a líder social-democrata, Pedro Passos Coelho, será feita por um dos mais imutáveis e incorrigíveis dinossauros políticos: Fernando Ruas! Porquê? Porque é preciso mudar! Em Lisboa, claro...

De Pedro Passos Coelho pouco ou nada se conhece para além da política. Concluída a licenciatura em Economia aos 36 anos (!) exerce o cargo de director financeiro do Grupo Fomentinvest, liderado por Ângelo Correia (que surpresa! Um PSD!) e preside à HLCTejo, empresa de valorização de resíduos...



Por isso é que este “Mudar” obamaníaco soa a mais do mesmo. Pouco ou nada distingue a sua carreira e competências das de José Sócrates. Produtos das jotas, representam ambos as perniciosidades de um sistema gasto e que se esgota em intrigas político-distritais, no carreirismo-carneirismo e na ascensão medíocre-mediática. Sobra-lhes apenas a lisonja.

E o país já sabe bem o que significam estas supostas mudanças. Há 35 anos que é assim. Entretanto aquilo que conseguiram foi atrasar irremediavelmente Portugal, cavar ainda mais o fosso que nos separa do resto da UE, desbaratar conquistas de Abril em nome de um modelo chinês-capitalista, desperdiçar fundos estruturais europeus em obras de fachada ou projectos ruinosos, viciar o sistema de modo a que recaiam sobre os seus militantes todos os cargos de nomeação ou responsabilidade, minar a função pública com a cunha mesquinha que se substituiu à competência... Estes foram os resultados das sucessivas mudanças e alternâncias entre PS e PSD. Se isto é mudar então o que é ficar tudo na mesma?

Mudámos para o cavaquismo após a instabilidade pós-revolucionária e do qual não sobra uma estrada (onde param as famosas IPs? Marquês de Pombal pensou para 200 anos, Cavaco nem vislumbrou 20!). As empresas e os empresários nem se modernizaram nem se formaram, e os subsídios ao desenvolvimento acabaram geralmente em festas, casas na praia, descapotáveis ou Iates. Hoje culpam as deslocalizações...

Mudámos porque estávamos fartos do autoritarismo da maioria absoluta. A corte essa é hoje mais conhecida pela ladroagem do BPN e afins do que pelos tempos áureos no governo. Guterres veio trazer uma vã expectativa. Algo mudou mas foi insuficiente e a vontade como se viu não era muita. À primeira oportunidade deu a fuga e fez escola com... Durão Barroso, o mordomo saloio da cimeira da infame guerra do Iraque aproveitou-se do provincianismo nacional e também imigrou para longe. De herança deixou um desastre chamado Santana que por sua vez pariu o fenómeno Sócrates... Mudança?

É só mais do mesmo... e a haver mudança, só se for nas estratégias de marketing que os moldam! Pura cosmética. É uma escolha entre um copo de água meio cheio e outro meio vazio.

Para quem quiser perder tempo, amanhã no Palácio do Gelo.
1 comentários:

mais um flope...


Enviar um comentário

Não serão aceites comentários em linguagem beirã*! Para isso visite www.fernandoruas2009.pt! (*insultuosa, mentecapta)

Blogues

Marcadores

O Melhor da Informação em pt

Stay Rude, Stay Rebel

Stay Rude, Stay Rebel
Stay rude against facist regimes, Stay rebel against politicians dreams, Stay rude and fight back injustice, Stay rebel against racial prejudice, Stay rude and stay cool, Stay rebel be nobodys fool, Stay rude against any command, Stay rebel take your life in your hand, Sharpskins remember their roots, Think with their brains not with their boots...

Author

E porque a democracia não se esgota na política e a cidadania no voto, este espaço está aberto a tod@s @s que queiram contribuir! Seja um texto ou uma imagem, um vídeo ou uma música, um poema ou um disparate!

Podem enviar para:Viseuesquerda@gmail.com


Video Esquerda

Loading...

Text Widget

Text Widget

Com tecnologia do Blogger.

Seguidores