Viseu Esquerda

Parabéns ao Público! Aqui mora o bom jornalismo!

Etiquetas: ,


O Público faz 20 anos. Se em 1990 o projecto fundador fazia todo o sentido, hoje então é fundamental. Uma espécie de farol no cada vez mais decadente jornalismo nacional. A total recusa do sensacionalismo enquanto escola, a independência face aos poderes instituídos, o rigor com que trata a matéria noticiada e a análise que faz dos factos transformam-no simplesmente no diário mais delicioso do pobre panorama da imprensa portuguesa.

aqui chorei diversas vezes o agoniar da servil imprensa regional. Mas se o meu discurso pode ser colado à esquerda, deixo aqui as palavras insuspeitas de alguém com quem tenho pouco em comum, materialmente e valorativamente. Fica então a prosa de Belmiro de Azevedo com a receita ideal para um jornalismo sério e ao mesmo tempo economicamente viável:

“E eu posso facilmente satisfazer todos os que procuram a receita ideal para uma saudável relação entre o accionista e a edição: os poderes vão e vêm; basta ignorar os pedidos, os protestos, as pressões, as retaliações e as ameaças, e continuar a exigir aos gestores e aos jornalistas que façam do rigor profissional e da sustentabilidade económica do jornal a garantia mais segura da sua independência e da sua longevidade” (Público, 05/03/2010)

Olhando para Viseu e lendo os nossos jornais podemos verificar que tais princípios não existem. Talvez também porque nem todos os “poderes vão e vêm” como afirma o empresário. Há sempre uns quantos que se eternizam, e à imprensa reserva-se o papel de os entronizar. Em bom português, e sem acordo ortográfico, um verdadeiro beija-mão.
3 comentários:

Realmente o Público é o único jornal que ainda consegue um mínimo de ética. -até o DN com o recente director se deixpu ir na onda do sensacionalismo.

cps


Comprava o Público todos os dias, mas fartei-me.
Fartei-me porque não basta alimentar o espírito com o internacionalismo, este público não tem noticias locais!

Sim o público também tem pressões...
Quando se acompanha diariamente um jornal como o público dá para se aperceber de "pequenos" pormenores.
São subtis na maneira como influenciam.

Lembro-me de uma notícia sobre o referendo na Catalunha onde 94,71% dos votantes são favoráveis à independência...
Num dia tínhamos uma notícia digna, no dia a seguir outra noticia (e não opinião) que quase desmentia os resultados...
Será que até o consulado espanhol consegue mexer os tentáculos?
Pois deixo a reflexão para não colocar este mesmo jornal sobre a influência de x ou y...

Não existe imprensa 100% imparcial...

Agora em relação ao sensacionalismo concordo, basta ver que é o jornal com menos páginas dedicadas ao Futebol! ahahah


100% imparcial não existe, de facto. Mas pelo menos vai tentando e não foi ao beija-mão, resultando em perdas de receitas publicitárias provenientes do governo ou instrumentalizáveis por este.


Enviar um comentário

Não serão aceites comentários em linguagem beirã*! Para isso visite www.fernandoruas2009.pt! (*insultuosa, mentecapta)

Blogues

Marcadores

O Melhor da Informação em pt

Stay Rude, Stay Rebel

Stay Rude, Stay Rebel
Stay rude against facist regimes, Stay rebel against politicians dreams, Stay rude and fight back injustice, Stay rebel against racial prejudice, Stay rude and stay cool, Stay rebel be nobodys fool, Stay rude against any command, Stay rebel take your life in your hand, Sharpskins remember their roots, Think with their brains not with their boots...

Author

E porque a democracia não se esgota na política e a cidadania no voto, este espaço está aberto a tod@s @s que queiram contribuir! Seja um texto ou uma imagem, um vídeo ou uma música, um poema ou um disparate!

Podem enviar para:Viseuesquerda@gmail.com


Video Esquerda

Loading...

Text Widget

Text Widget

Com tecnologia do Blogger.

Seguidores