Viseu Esquerda

GNR dá as boas vindas aos festivaleiros do Andanças detendo 20 pessoas!

A GNR sempre que começa o Andanças transforma-se numa espécie de "polícia dos costumes" e desata numa desenfreada caça ao "charro". O pior é que isso acontece muitas vezes após almoçaradas regadas com bom vinho...

Num país que eleva o vinho a património mundial um charro ser ainda ilegal... é anedótico!

Porque a globalização não são só hamburgers e caipirinhas!

Será que estes senhores não fariam um melhor serviço à pátria se fossem patrulhar as "covas da moura" deste país?
7 comentários:

A apreensão de droga não faz parte das competências da GNR? Acha que o festival vai sentir a falta desses 20 traficantes? Será que a segurança das pessoas no festival não é importante? Foram só charros que a GNR encontrou? Por acaso a GNR prendeu alguém que só tenha ido ao festival para se divertir?


Meu amigo, pior que a GNR só a própria lei que legitima estas actuações. Mas enqunto a GNR se entretém na pesca de peixinhos da horta, os grandes tubarões continuam impunes. Façam mais investigação e menos show-off mediático. Qaulquer dia especializam-se em vitrinismo tal é a perícia na montagem esquematizada das apreeensões... Quem mais lucra é quem financia e esses raramente são apanhados, e olhe que esses de certeza que não vão ao Andanças... E considerar tráfico a posse de mais de 5g de cannbis é tão estúpido e desfasado da realidade que mete dó. Ou seja, para o Estado é melhor que os consumidores vão todos os dias comprar nos sítios que conhecemos do que comprarem logo o suficiente para evitarem a frequência dos mesmos. Ou quando vai ao Continente/Jumbo também só trás fiambre para um pão???????
A cannabis está mais que provado é uma planta que bate aos pontos a vinha e o vinho, porque tem mais aplicações terapêuticas e o seu uso recreativo é de longe muito menos nefasto. Negar isto é... absurdo. Sabe quantos milhões de euros se gastam para em navios patrulha, submarinos, operações aéreas, lanchas super-rápidas e sei lá mais o quê para combater o tráfico de Marrocos? Enquanto o sentimento de insegurança nas grandes cidades se instala devido à falta de patrulhamento? Eu preferia que os polícias que andam a passear os cães pelas praias algarvias o fizessem antes em certos bairros problemáticos. São escolhas. Mas o papão da DROGA é mais apelativo.


Após ler estes dois comentários (comentário e respectiva resposta), não posso deixar de escrever algumas palavras.
Primeiro foi a indecisão: rio ou mando um berro?
Optei por escrever!
É curiosa a comparação por si efectuada entre duas drogas: o álcool e a cannabis. É que elas são isso mesmo: drogas! Que alteram o estado de consciência, logo, a cognição e o comportamento de quem os ingere. Sente-se isso com a caipirinha, o copo de tinto ou o charro, verdade?
Daí haver um limite para o consumo de álcool, mais especificamente quando relacionado com o acto de condução. Tempo de reacção aumentado, menos reflexos, visão alterada, humor disfórico e todos os outros "efeitos secundários" (posso chamar-lhes assim, não posso?) que ambos provocam.
Aliás, leis (por muito que se esteja contra elas e saiba tantas vezes bem quebrá-las) são isso mesmo: leis. É suposto serem cumpridas ou arca-se com as consequências. Todos sabemos disso!
Agora... comparar cannabis a fiambre?!
Como diz uma amiga "Pelo amor da santa!!!"
Gostava só de terminar, referindo que não estou contra a "pesca ao tubarão", até porque... se não houver tubarões, também não há 5 ou sequer 1gr de cannabis até haver (ou não) legalização das ditas drogas leves.
Estarei errada?
É como na "candonga" dos CD pirata das feiras semanais: enquanto houver quem compre, há sempre quem venda! Já se não houver procura...
E combater a insegurança que se vive em muitas cidades, não me parece incompatível com o sucedido.
Já agora, gostei de passar por aqui!


A GNR não apreendeu apenas Cannabis, mas também heroína e cocaina, o que demonstra bem que tipo de pessoas são aquelas. Mesmo que fossem apenas "charros" não os acho assim tão inofensivos, nem pelos estudos que por vezes são publicados nos jornais, nem pelos efeitos que vi na vida de muitas pessoas.

A polícia faz patrulhamentos no Algarve porque é por lá, que no Verão e na Páscoa, se encontra muito do pessoal que aterroriza os bairros problemáticos.

Por mim, apanhem os tubarões e os peixinhos da horta também. São todos parte do mesmo problema. Se não fossem os peixinhos da horta, os tubarões não eram o que eram. São os peixinhos da horta que vendem a droga e lhes fazem chegar o dinheiro dessas vendas.

É verdade que se gasta muito dinheiro em submarinos e lanchas super-rápidas, também tenho pena que se gaste tanto dinheiro nisto, quando podia ser mais bem empregue na saúde, na educação ou no apoio a famílias carenciadas, por exemplo. Mas é o preço que temos que pagar para tentar lutar de alguma maneira contra os peixinhos da horta, que um pouco por todo o lado, nos nossos bairros, nas escolas, nas discotecas da terra, nos festivais de teatro, etc, espalham a droga que destroi a nossa juventude e alimentam uma cambada de imorais, de mafiosos, que corrompem quem lhes faz frente, juízes, polícias, políticos, cidadãos, com o dinheiro que lhes chega desses peixinhos da horta, e aterrorizam Estados inteiros como vemos na Colômbia ou no México, por exemplo. São esses peixinhos da horta, os responsáveis por vender a droga que financia as actividades de grupos terroristas ou os Talibans no Afeganistão, por exemplo.

Por tudo isto, não posso ser solidário com esses indivíduos que apelida de peixinhos da horta. A droga é um papão grave, sim senhor! E todos os que contribuem para esse problema são culpados.


Aos proibicionistas:
todos sabemos os efeitos do alcool, mas iremos proibí-lo por isso? podemos poibi-lo na estrada, mas podemos proibir o uso recreativo? onde cabe a liberdade do individuo aí?
Não haverão drogas legais bem mais prejudiciais à saúde como as que supostamente resolvem (agravam) as depressões? e o tabaco?
querem proibir tudo que faça mal à saúde numa nova teoria fascizante dos costumes?
O que é a droga: a heroína, o canabis, o alcool, ou os drunfos? são todas? e são para se tratarem todas de igual modo perante a lei?
E se o fiambre não é o melhor exemplo(até o poderia ser para um vegan que veja mais motivos de desgraça moral no consumo de carne do que de canabis...)se falassemos de levar apenas uma cerveja de cada vez que se vai ao hiper?
querer uma asae para os costumes é perigoso, porque todos temos os nossos vícios e pecados mas os dos outros são sempre mais condenáveis...
santa paciência para estes santinhos.olhem-se ao espelho e não queiram um mundo à vossa imagem


No sudoeste também anunciaram a detenção de 19 pessoas na abertura do festival... Se calhar quando chegam ao número 20 param por este ser suficiente para aparecer nos telejornais. Ao menos já sabem lidar com a imprensa e levar a imprensa. O mais ridículo é que a GNR geralmente devolve o haxixe apreendido desde que não seja muito e isso só não aconteceu agora para a soma das apreensões fazer manchetes. Bastam 2 dedos de testa para constatar a contradição da lei que permite o patrocínio desses festivais pelas cervejeiras e que criminaliza a canabis, sendo que o alcool é a única droga de que se pode morrer de abstinência (nem a heroína...).
Hipocrisia e ignorância dá nisto!


"Agora... comparar cannabis a fiambre?!"

Caro, existe uma falácia no seu argumento:

compara a cannabis ou os seus efeitos ao tinto e à caipirinha, mas acha que apenas se pode permitir a venda ou o consumo de uns e não outros?

Eu comparo o fiambre à cannabis na medida em que posso comprar 200g de fiambre, uma cachaça e um tintol, e já agora umas limas e açúcar amarelo, no supermercado da esquina, mas se consumisse cannabis, que a comunidade científica já desmistificou há muito, teria que ir sabe-se lá onde comprar uns charros!

Ou propõe uma espécie de ditadura da saúde em que qualquer substância que alterasse a consciência ou simplesmente aumentasse o colestrol seria proibida pelo estado, sempre vigilante contra os infractores?

A seguir viria a Sharia e as vergastadas.

Ainda existe um país mais ou menos assim, o Afeganistão, mas não o fazem por "amor da santa" mas antes supostamente por "ala" ...

Passe por aqui mais vezes.


Enviar um comentário

Não serão aceites comentários em linguagem beirã*! Para isso visite www.fernandoruas2009.pt! (*insultuosa, mentecapta)

Blogues

Marcadores

Arquivo do blogue

O Melhor da Informação em pt

Stay Rude, Stay Rebel

Stay Rude, Stay Rebel
Stay rude against facist regimes, Stay rebel against politicians dreams, Stay rude and fight back injustice, Stay rebel against racial prejudice, Stay rude and stay cool, Stay rebel be nobodys fool, Stay rude against any command, Stay rebel take your life in your hand, Sharpskins remember their roots, Think with their brains not with their boots...

Author

E porque a democracia não se esgota na política e a cidadania no voto, este espaço está aberto a tod@s @s que queiram contribuir! Seja um texto ou uma imagem, um vídeo ou uma música, um poema ou um disparate!

Podem enviar para:Viseuesquerda@gmail.com


Video Esquerda

Loading...

Text Widget

Text Widget

Com tecnologia do Blogger.

Seguidores