Viseu Esquerda

O Lixo e os Ratos de Fernando Ruas! Esses Não Aparecem nos Jornais!



Ou muito me engano, ou o nosso presidente anda com problemas bipolares. Há noite sonha com uma intifada contra os fiscais do ambiente. De manhã acorda como se fosse o Capitão Planeta e ameaça: “ou os feirantes deixam o recinto limpo ou acaba-se com a feira”! Nem a Quercus, nem a Greenpeace, nem sequer os supostos radicais do Movimento Verde Eufémia se lembrariam de tanto.

Dracon redigiu o primeiro código escrito da Grécia no séc. VII A.C., regulamento esse que ficou célebre por punir com a morte quase todos os delitos, fossem eles muito ou pouco graves. Daí a expressão “medida draconiana”. Apesar de tudo, era amado pelos cidadãos. Tivesse nascido Fernando Ruas na Grécia do séc. VIII A.C. e talvez a palavra fosse hoje outra...

Mas se a quinta da vizinha é sempre melhor do que a minha, o mesmo se poderá dizer do pecado do vizinho, que é sempre mais gravoso que o nosso. Porque no que toca a lixeiras, a CMV relativamente aos feirantes não fica nada atrás, sendo que o ilícito é agravado pela responsabilidade devida a quem deveria dar o exemplo e a quem pede aos outros atitudes que nem o próprio toma.

Atendendo a esta foto que retrata uma moradia abandonada da CMV no Bairro Municipal



e que em vez de pessoas desfavorecidas a habitá-la tem lixo, muito lixo que a transforma numa espécie de aterro a céu aberto, colocado lá pelos diligentes funcionários dos serviços de limpeza da CMV, podemos concluir que as palavras de Fernando Ruas não passam de cuspidelas contra o vento. Talvez não seja a ele que lhe caiam em cima, mas certamente cairão em cima dos também diligentes mensageiros da boa nova do Sr. presidente, mensageiros esses que têm feito de tudo para transformar a imprensa local numa espécie de boletim da CMV. Não todos obviamente. Mas a tendência é para que os poucos que sobram desapareçam em “reestruturações”, “mobilidades” , “reformas” ou simples despedimentos.

No Bairro Municipal, quem agradece são os ratos que de tanta fartura até já morrem de barriga cheia na estrada como este infeliz,





quem sabe fascinado pela “rotundinha” que deverá ter inspirado o pasteleiro mais famoso da cidade (quiçá da região, quiçá do país, quiçá do mundo) e a sua fantástica decoração...

Quem agradece são também os gatos que viram por estes meses engrossadas as ninhadas tanto é o alimento e tanta é a vontade dos moradores em ter pelo menos 1 lá por casa, 2 no quintal, e quantos forem necessários na rua, retomando o hábito milenar transmitido pela cultura egípcia e colocando de lado o hábito local de “dar banho aos gatos” logo pela nascença...

Nada que aborreça o nosso presidente. As fachadas continuam de um branco imaculado e mais do que ser o que interessa verdadeiramente é parecer, mesmo que haja casas destelhadas onde a salubridade é pouca ou nenhuma para quem lá habita. O que distingue afinal um “facho” de uma “fachada”?



Mas o Bairro é para ir abaixo de qualquer maneira. As moradias unifamiliares serão esventradas pelas retroescavadoras da empresa a quem caberá o ajuste directo. Depois é só encaixar os moradores nas gaiolas a construir e ceder terreno restante à especulação imobiliária, seguindo a velha tradição autárquica. Haverá melhor receita para a “guetização”? Só conheço uma, e essa está toda aplicada no Bairro de Paradinha. Daqui a uns anos, é ver o dinossauro que se segue a clamar por mais segurança e mais responsabilização das comunidades!

Não cederam a judiaria a um núcleo de arquitectos? Então a CMV que lhes encomende (por um preço em conta) um estudo sobre o impacto deste tipo de políticas “betoneiras” nas pessoas...

Debaixo do guarda-chuva dos 62%, tudo é possível na escola autocrata do “quero, posso e mando”. Na Madeira é pouco diferente. E não é por isso que aqui se tem mais respeito pela legitimidade bacoca de Jardim e dos seus cães de fila que o PND tem conseguido colocar a nu.

Aos senhores jornalistas, faço um apelo para que visitem o local, entrevistem as pessoas, deduzam, investiguem, documentem, triem e depois informem a sociedade. Pelo menos antes, era esta a sua função... até porque os recados estavam reservados a mensageiros ou a moços!
0 comentários:

Enviar um comentário

Não serão aceites comentários em linguagem beirã*! Para isso visite www.fernandoruas2009.pt! (*insultuosa, mentecapta)

Blogues

Marcadores

O Melhor da Informação em pt

Stay Rude, Stay Rebel

Stay Rude, Stay Rebel
Stay rude against facist regimes, Stay rebel against politicians dreams, Stay rude and fight back injustice, Stay rebel against racial prejudice, Stay rude and stay cool, Stay rebel be nobodys fool, Stay rude against any command, Stay rebel take your life in your hand, Sharpskins remember their roots, Think with their brains not with their boots...

Author

E porque a democracia não se esgota na política e a cidadania no voto, este espaço está aberto a tod@s @s que queiram contribuir! Seja um texto ou uma imagem, um vídeo ou uma música, um poema ou um disparate!

Podem enviar para:Viseuesquerda@gmail.com


Video Esquerda

Loading...

Text Widget

Text Widget

Com tecnologia do Blogger.

Seguidores