Viseu Esquerda

Asfixia Democrática em Viseu! Fernando Ruas critica noticiário, empresa responsável despede jornalistas!

Num dia em que leio a notícia ressequida de mais uma deriva autoritária de Chavez ao ameaçar multar televisões que transmitam o Family Guy, imagine-se, deparo-me com esta misteriosa coincidência: segundo o DN, os jornalistas do noticiário de fim de semana da Rádio no Ar são "despedidos" após darem voz à oposição numa reportagem sobre a inauguração do funicular. em que o presidente apelidou a no Ar de "rádio do costume". A decisão do Grupo Lena (vejam o link, porque os negócios vão desde o imobiliário à construção, passando pelos media), colocou fim a "15 anos de serviço noticioso ininterrupto da Rádio No ar". Outra coincidência é esta reportagem de 13 de Setembro que reportou a acção do Bloco de Esquerda a desmascar a política de fachada de Fernando Ruas no Bairro Municipal e noticiada pelos mesmos jornalistas:



O DN afirma que "ao fim de 15 anos de serviço noticioso ininterrupto, a Rádio No ar, de Viseu e adquirida pelo grupo Sojormédia, deixou de emitir ao fim-de-semana " e que a" decisão de anular a informação de fim-de-semana surge pouco depois de acusações públicas do presidente da Câmara Municipal de Viseu à Rádio No Ar que apelidou de "rádio do costume". As críticas de Fernando Ruas foram feitas a propósito do tratamento dado ao funicular. A obra, que derrapou, é da responsabilidade do Grupo Lena - que detém a Sojormédia, e foi criticada pela oposição de Ruas durante os noticiários da rádio. "

A imprensa local vive muitas vezes refém da publicidade institucional e demais publicidade paga, ponto. Ao dizer isto quero apenas afirmar a convicção de que quem tem um negócio, neste caso um media regional, quer obviamente retirar do mesmo lucro. Isto resulta num balanço frágil entre sobrevivência e ética ou deontologia. Dilemas que cada um resolve na sua consciência.
Agora quando o dono do negócio é parte interessada (isso acontece também com a Sonae, irmãos oliveira...) isso deixa sérias dúvidas acerca do quarto poder que se está progressivamente a transformar em mero lacaio do interesse particular de quem o detém e respectiva agenda ocultas. O caso da guerra Público-DN é só a ponta do iceberg e é paradigmática da degradação de um poder que nem sequer é escrutinado mas que se arroga sob a capa de uma verdade que muitas vezes não passa de manipulação. Nos meios mais pequenos isso é asfixiante. E isto prova-o.
2 comentários:

Não é escrutinado? è a maior verborreia ignorante que ouvi até hoje. www.ccpj.pt www.erc.pt e claro está os sacrossantos tribunais


pois, pois viseu somos todos nós. Até porque não existe caso mm guedes, escutas e guerras entre dn e público, agenas ocultas no expresso... até porque a imprensa local é um bastião de liberdade...
pois, pois... até pode viver com a alice no país das maravilhas mas a realidade é bem mais cruel caro...
tribunal? olhe, coincidência é o caso das pedradas ter surgido na praça pública não pelos jornais locais mas sim pela Rádio no AR... coincidências...
Já que fala em ERC, até irei expor o caso.
Porque democracia À PSD só na madeira... enfim.


Enviar um comentário

Não serão aceites comentários em linguagem beirã*! Para isso visite www.fernandoruas2009.pt! (*insultuosa, mentecapta)

Blogues

Marcadores

Arquivo do blogue

O Melhor da Informação em pt

Stay Rude, Stay Rebel

Stay Rude, Stay Rebel
Stay rude against facist regimes, Stay rebel against politicians dreams, Stay rude and fight back injustice, Stay rebel against racial prejudice, Stay rude and stay cool, Stay rebel be nobodys fool, Stay rude against any command, Stay rebel take your life in your hand, Sharpskins remember their roots, Think with their brains not with their boots...

Author

E porque a democracia não se esgota na política e a cidadania no voto, este espaço está aberto a tod@s @s que queiram contribuir! Seja um texto ou uma imagem, um vídeo ou uma música, um poema ou um disparate!

Podem enviar para:Viseuesquerda@gmail.com


Video Esquerda

Loading...

Text Widget

Text Widget

Com tecnologia do Blogger.

Seguidores